Compartilhe:

 

 

Mulher nascida em terras cariocas, sou engenheira de formação e escritora por paixão.

 

Aos seis anos, fiz minha primeira escolha de vida. Sentada no banquinho do jardim, olhando para o meu pai, eu não tive dúvida: entre reformar meu quarto e viajar eu preferia o pé na estrada! Desde lá entendi que existe uma infinidade de lugares, coisas, pessoas e histórias no mundo. 

Um ano depois, fui a minha primeira Bienal do livro. Espremida no banco do meio do Gol Azul, mal sabia eu que a animação do que poderia ser só um passeio mudaria minha vida. Naquele domingo ensolarado, enquanto olhava para os milhões de livros ao meu redor, senti aquele frio na barriga. Era isto, descobria a minha primeira paixão: a literatura!

De lá para cá foram incontáveis histórias lidas, vividas, escutadas, observadas e, por fim, escritas. Apaixonada pelo cotidiano, pela música e pela brasilidade, escrevo com todas essas influências sob a perspectiva que me cabe: a de ser mulher.  

 

Há dois anos entendi que minha voz, ou melhor, a minha escrita tem valor. Desde então, tive a honra de ser lida por mais de 2.500 pessoas e de contribuir para três projetos de escrita coletiva que alcançam e dão voz e ouvido a milhares de escritores.

Acredito no poder transformador da arte e da cultura e que todas as pessoas têm uma boa história para contar.

 

Links das suas redes sociais:

instagram.com/anavilela2

medium.com/@anapaulavilela2

Livro -Olhares Femininos: Eternizando-se em palavras

 

Carioca, mulher, engenheira, escritora. Com passagem por muitas terras e influências, busco inspiração e poesia nas esquinas da vida, traduzindo em palavras o cotidiano das relações humanas. Feminista, escrevo em blogs autorais com propósito de mostrar a força e a beleza de ser mulher. Acredito na arte como ferramenta de despertar e mudança.

Um comentário em “Ana Paula Vilela – Coluna Contos das Brasileiras”

Os comentários estão desativados.